Grupo de Investigación Lingüística e Literaria Galega ILLA
Grupo de Investigación Lingüística e Literaria Galega ILLA
Universidade da Coruña
Glosario
da poesía medieval profana
galego-portuguesa
nós pron. pers. tónico de P4 'nós'
ImprimirAlternar visualización dos exemplos
1. Sen preposición, funciona como suxeito e, ás veces, como complemento
2.2 porque nós aqui cantando / andamos tan segurado||2.8 pois canta[n]do / nós aqui danças fazemos||2.14 porque nós tan seguradas / andamos fazendo dança||115.17 per[o] faremos nós de[l], ..., / jograr se én de vós ajuda ouver||292.2 De-lo dia, ai amiga, / que nos nós de vós partimos, / fui-se nosco voss’amigo||292.3 e, per quanto nós oimos, / amiga, ..., / queredes que vo-lo diga?||292.8 vós e nós chorando vosco||461.34 E por esto [vos] chamamos nós «o das duas espadas»||487.7 ca vossa onra é [de] todos nós / e quantos nós avemos per-amar||750.3 nós, as meninhas, punhemos d’andar / con nossas madres||750.6 e nós, meninhas, bailaremos i||750.8 e andaremos nós / bailand’ant’eles, fremosas, en cos||870.1 Bailemos nós ja todas tres, ai amigas||870.7 Bailemos nós ja todas tres, ai irmanas||870.15 e quen ben parecer como nós parecemos, / ..., / so aqueste ramo, sol que nós bailemos, / verra bailar||870.17 so aqueste ramo, sol que nós bailemos, / verra bailar||1016.8 por quanto nós non podemos / falar||1016.20 E por que o non guisamos, / pois nós tant’o desejamos?||1031.13 Ben sabedes como falamos nós||1422.13 E direi-vos eu quant’én vimos nós||1464.4 demos-lhi nós ũa maia das que fezemos no maio||1477.17 «Pero nós ambas somos muit’arteiras, / milhor conhosc’eu vós ca vós [a] min»||1501.6 mais nós trobamos melhor||1501.16 E por travar no que non conhocedes / non dariamos nós nada por én||1512.20 e do garda-cos / en cas d’el-rei vos provaremos nós / que á quatr’anos e passa per tres||1530.9 ante, oj’é das molheres preçadas / que nós sabemos en nosso logar||1533.2 Pero d’Ambroa, averedes pesar / do que nós ora queremos fazer||1538.9 e a morrer avemos nós||1550.5 pero lho nós non teemos por ben / [...]||1569.10 pois nós avemos aquel melhor rei / que no mund’á||1569.26 Valrá el máis, e nós per el i||1580.3 e nós teemos que vos é mal sén||1618.20 pois nós morrermos||1627.5 e, pero mal talhados semos [n]ós||1633.7 e nós de chufas guarnidos seremos||1671.17 non lho queremos nós caber
5.2 pois nós chegou / e o Deus connosco juntou||458.14 Se con os cardeaes, ..., / posesse que guardasse nós de maos trebelhos, / fez[er]a gran mercee||1041.5 e nós, sol que o queiramos provar, / log’é sabud’e non sei eu per quen||1041.11 e nós, sol que o queiramos fazer, / [log’é sabud’e non sei eu per quen]||1041.17 e nós, ante [sol] que cheguemos i, / log’é [sabud’e non sei eu per quen]||1569.5 nós, ... / ..., / dizede-mi ora quant’i entendedes
2. Con preposición, funciona sempre como complemento
97.25 ca non ést’antre nós igual||115.10 que no-las gentes queran consentir / de nós tal omen fazermos pojar / en jograria||115.14 e aver-s’-á de nós e del riir||207.10 non creerei que o Judas vendeu / nen que por nós na cruz morte prendeu||329.6 e por én non sei, / ..., / de nós qual sofre máis coita d’amor||329.9 e sabe Deus de nós que ést’assi||487.6 ca vossa onra é [de] todos nós / e quantos nós avemos per-amar||598.21 mui gran temp’á que este mal passou / per nós||750.5 e elas enton / queimen candeas por nós e por sí||757.3 veer un ome muito namorado / que aqui jaz cabo nós mal chagado||757.14 e de nós todas lhi seja loado||989.24 log’enton / se nembrou de nós||991.24 e non se quis de nós nembrar||1041.19 Coita lhi venha qual ora a nós ven / per quen nos a nós tod’este mal ven||1041.20 Coita lhi venha qual ora a nós ven / per quen nos a nós tod’este mal ven||1244.11 Que non ouvess’antre nós qual preito á||1352.13 Quen vos Saco chamar prazera a nós||1476.6 se vos mentir do que vosco poser, / seja de vós e de nós como quer||1489.39 que digan todos quantos pos nós verran / que tal conselho deu Joan de Froian||1489.58 que non á antre nós melhor lança per-peideira||1492.9 E Don Estevã[o] assi dizia / a nós||1525.4 como leva quant’avemos / de nós Balteira per arte
3. Segundo termo da comparación introducido por como
870.3 e quen for velida como nós, velidas, / ..., / so aquestas avelaneiras frolidas / verra bailar||870.9 e quen for louçana como nós, louçanas, / ..., / so aqueste ramo destas avelanas / verra bailar||1171.3 e quen for velida como nós, velidas, / ..., / so aquestas avelaneiras frolidas / verra bailar||1171.9 e quen for loada come nós, loadas, / ..., / so aquestas avelaneiras granadas / verra bailar
[últ. rev.: 25/04/2017]